11 estabelecimentos noturnos são fechados em operação policial

0

Uma operação da Secretaria de Estado de Segurança (Sejusp) e as polícias civil e militar do Amapá fechou estabelecimentos noturnos, apreendeu facas e abordou pessoas na madrugada deste sábado (14). A ação teve como foco os vendedores que atuam na Zona Sul de Macapá.

Intitulada “Janelas Quebradas”, a operação teve como intuito coibir a violência nesses espaços. Um total de 11 estabelecimentos, dentre eles uma loja de conveniência, foram fechados por estarem funcionando além do horário permitido por lei, que é até uma hora.

Segundo a polícia, na varredura foram encontradas três facas e abordadas 116 pessoas. A operação também interrompeu uma festa rave, que funcionava sem autorização e sem segurança, e uma pessoa foi levada à delegacia por portar uma arma de brinquedo, contou o comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, coronel Petrucio Renato.

“O foco é fiscalizar esses estabelecimentos que funcionam sem autorização alguma e ultrapassam o horário de funcionamento permitido. Além disso, muitos desses locais são pontos de venda de drogas”, disse o coronel.

Ele explica que o nome da operação remete a teoria de que violência e insegurança podem ocorrer em qualquer local, independente do poder aquisitivo.

“A criminalidade independe da classe social, qualquer pessoa pode ter a janela do seu carro ou da sua casa quebrada”, completou.

O coronel ainda adianta que a operação vai ocorrer de forma frequente aos finais de semana, sempre em áreas diferentes nas cidades de Macapá e Santana.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here