Academia do Oscar diz que conduta de Harvey Weinstein é 'repugnante'; denúncias de assédio continuam

0

Harvey Weinstein em 2016 (Foto: Charles Sykes/Invision/AP)Harvey Weinstein em 2016 (Foto: Charles Sykes/Invision/AP)

Harvey Weinstein em 2016 (Foto: Charles Sykes/Invision/AP)

“A Academia considera repugnante, abominável e antiética a conduta descrita nas alegações contra Harvey Weinstein, perante os elevados padrões que a Academia e a comunidade criativa representam”, disse a entidade em um comunicado.

“A diretoria realizará uma reunião especial no sábado, dia 14 de outubro, para discutir as alegações contra Weinstein e quaisquer ações a serem tomadas pela Academia.

Uma porta-voz de Weinstein, Sallie Hofmeister, não respondeu imediatamente a pedidos de comentário sobre o posicionamento da organizadora da cerimônia do Oscar.

O comunicado vem após acusações de que Weinstein abusou sexualmente de diversas mulheres nas últimas três décadas. Ele nega ter mantido relações sexuais não consensuais.

Nesta quarta-feira, a atriz Léa Seydoux, de “Azul é a cor mais quente” e “007 contra Spectre”, foi mais uma a relatar assédio do produtor. O caso é semelhante ao das outras atrizes: ela diz que foi chamada por ele ao seu quarto de hotel e ele tentou agarrá-la.

Nesta quarta-feira, Weinstein foi suspenso da academia britânica de filmes Bafta.

Weinstein tem uma estatueta do Oscar, conquistada em 1999 após vencer o prêmio de melhor filme com “Shakespeare Apaixonado”.

15/05: Léa Seydoux divulga o filme 'The Lobster' no Festival de Cannes 2015 (Foto: AFP PHOTO/VALERY HACHE)15/05: Léa Seydoux divulga o filme 'The Lobster' no Festival de Cannes 2015 (Foto: AFP PHOTO/VALERY HACHE)

15/05: Léa Seydoux divulga o filme ‘The Lobster’ no Festival de Cannes 2015 (Foto: AFP PHOTO/VALERY HACHE)

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here