Acidente de trabalho é tema de encontro para caminhoneiros em Cacoal, RO

0

O número crescente de acidentes de trânsito envolvendo caminhoneiros chamou a atenção do Centro de Referência em Saúde do Trabalho (Cerest) de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho.

Para tentar descobrir as causas e minimizar essas ocorrências, uma Câmara Técnica sobre acidentes de trabalho com caminhoneiros na estrada foi realizada na sexta-feira (22), com a participação de representantes de cooperativas de caminhoneiros, órgãos de segurança e da saúde. O encontro foi realizado no auditório do Ministério Público (MP-RO).

Para o Cerest, o caminhoneiro é um trabalhador e no momento do acidente, ele está sofrendo um acidente de trabalho e não apenas de trânsito. O Cerest de Cacoal atende 14 municípios, além de dar suporte a Vilhena e Ji-Paraná.

“Nós percebemos que o caminhoneiro está se envolvendo em acidentes e nós precisamos saber qual o motivo está levando a isso. O Cerest, junto a PRF e MP, levantará os motivos desses acidentes e em seguida, traçará um plano de ação para intervenção e prevenção a cerca desses acidentes”, afirmou a coordenadora regional do Cerest, Selma Correia Lima.

Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no ano de 2016 foram registrados ao longo da BR-364, nove óbitos envolvendo caminhoneiros. Este ano, até o momento, foram contabilizados 13 mortes. Para o inspetor da PRF João Bosco Ribeiro, as principais causas de acidente são imprudência, problemas nos veículos e por último condições da via.

“O acidente com o caminhoneiro normalmente envolve outros veículos e até pedestres, e não necessariamente o caminhoneiro tenha causado ao acidente. Hoje vamos falar sobre os acidentes, quais as principais causas e vamos debater sobre isso. Temos que levar em consideração sempre a infraestrutura, pois toda a dinâmica do acidente envolve veículos, pessoas e a via pública”, destaca o inspetor.

Durante a câmara foram tratados de assuntos como acidentes de trabalho no geral, estatísticas de acidentes na rodovia federal e a importância da prevenção da saúde e segurança do caminhoneiro. Participaram do encontro representantes de cooperativas de caminhoneiros, que serão multiplicadores dos assuntos tratados durante o encontro.

Fonte: G1 / RO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here