Aos 98 anos, morre polonês que fugiu de Auschwitz em carro dos nazistas

0
Entrada do campo de Auschwitz-Birkenau (Foto: D.W./R. Romaniec)Entrada do campo de Auschwitz-Birkenau (Foto: D.W./R. Romaniec)

Entrada do campo de Auschwitz-Birkenau (Foto: D.W./R. Romaniec)

O polonês Kazimierz Piechowski, um prisioneiro que fugiu do campo de concentração nazista de Auschwitz ao volante de um carro da SS, faleceu nesta sexta-feira (15) aos 98 anos em Gdansk (norte), anunciou o Instituto Nacional de Memória IPN.

O prisioneiro nº 918, Piechowski, foi enviado ao campo nazista em 1940 com o primeiro grupo de presos políticos poloneses transferidos para o local.

Ele escapou em 20 de junho de 1942 com três outros prisioneiros, incluindo Stanislaw Jaster, a quem o deportado voluntário em Auschwitz Witold Pilecki confiou seu relatório sobre o funcionamento do campo.

O relatório foi entregue pela Resistência polonesa aos Aliados em Londres e informava sobre as atrocidades cometidas pelos alemães nazistas nesse campo de extermínio.

Os prisioneiros conseguiram roubar uniformes de agentes da SS, rifles e um conversível Steyr 220 usado pelo comandante do campo de concentração, Rudolf Höss.

“Alguns contam que quando estávamos livres enviamos um cartão postal a Höss para agradecer por ter nos emprestado o carro, mas isso não é verdade, nunca fizemos isso”, disse Piechowski ao IPN cinco anos antes de sua morte.

Uma vez livre, Piechowski entrou para o Exército do Interior (AK). Após a guerra, foi preso como muitos outros poloneses da Resistência ligada a Londres, e condenado a 10 anos de prisão pelo poder comunista.

A fuga foi relatada em um documentário realizado pela televisão britânica BBC em que o próprio Piechowski aparece.

No campo de Auschwitz, instalado pela Alemanha nazista no sul da Polônia ocupada, mais de 1,1 milhão de pessoas, incluindo um milhão de judeus europeus, morreram entre 1940 e 1945.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here