Artista plástica Marília Kranz morre no Rio

0

Morreu nesta quarta-feira (20), aos 80 anos, a artista plástica Marília Kranz. Pintora, desenhista, gravadora e escultora, ela estava em casa, sob cuidados, e não resistiu a complicações de uma febre chikungunya que contraiu ainda no ano passado.

De acordo com parentes, Marília sofria de uma doença neurológica degenerativa que foi agravada com a febre, e estava sob cuidados havia alguns meses.

“Ela teve encefalite e, juntando a essa coisa neurológica, foi realmente o que acabou. É até bom falar para saberem que a chikungunya teve um efeito devastador”, ressaltou Stella Kranz, uma das três filhas. “Ela acordou e, logo depois, respirou profundamente… e foi. Bem serena. Bem tranquila.”

Conhecida por sua personalidade forte, Marília foi definida por Millôr Fernandes (1923-2012) como “refinada e provocadora”. Era corajosa, sempre moderna e foi uma das vozes mais poderosas na defesa da liberação sexual e na defesa da liberdade.

Liderança também na política, chegou a ser presa durante a ditadura e e foi uma das fundadoras do Partido Verde (PV).

Marília Kranz se formou na Escola Nacional de Belas Artes e ganhou projeção internacional. Os especialistas sempre exaltaram a capacidade rara que ela tinha de equilibrar delicadeza e exuberância visual.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here