BLOG: Renovadas as esperanças

0


É preciso vencer mais do que essa vez, para escapar da degola.

Na verdade, precisamos vencer todos os jogos como mandante (faltam 5) e, pelo menos mais 1 ou 2 fora de casa (faltam 6).

A vitória por 2 x 0, deste sábado, em Caruaru, contra o Boa Esporte (com gols de Rafael Oliveira e Dico e uma defesa de pênalti, espetacular, de Jefferson), renova esta esperança.

Afinal de contas, o Náutico de Roberto Fernandes só não tem aproveitamento de 100% como mandante, porque pegou o Internacional, no primeiro jogo que fez em Caruaru. Mas vencemos o Luverdense, o Figueirense, o Brasil e, agora, o Boa Esporte (com o Inter entre eles).

Ou seja, dá sim para se ter uma boa esperança de que possamos vencer, também os próximos adversários (Guarani, ABC, Payssandu, Londrina e Vila Nova) e tentar vitórias sobre o Goiás, Santa Cruz, CRB e Luverdense, fora de casa – já que Juventude e Criciuma não acredito que sejam equipes que possamos vencer – mas, quem sabe, um empate?

A vitória contra o Boa, portanto, retoma ao torcedor (nem todos, eu sei) timbu, um fio de esperança. É se agarrar a este fio e buscar a primeira vitória fora de casa, já contra o Goiás, na próxima rodada e, se não vier, que venha, obrigatoriamente, contra o Guarani, novamente em Caruaru.

É vencer todas “em casa” e tentar fazer um “estrago” fora. Quem sabe?

Fonte: Globo Esporte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here