Bombeiros dão dicas de segurança para lidar com animais peçonhentos em RO 

0

A chegada da estação chuvosa em Rondônia, que iniciou em outubro, torna comum que moradores da Zona Urbana encontrem dentro de casas, em praças ou terrenos baldios animais peçonhentos, como cobras, escorpiões e aranhas. O G1 conversou com o capitão do Corpo de Bombeiros, Iranildo Dias, que deu dicas que a população pode adotar quando encontrar esses tipos de animais.

De acordo com Dias, até a primeira semana de dezembro haverá mudanças no clima do estado. “A partir do meio do mês de outubro até a primeira semana de dezembro nós estamos em transição da estiagem para o período chuvoso que são totalmente diferentes em relação a proliferação dos animais peçonhentos. E temos aí a questão das moradias, pois as chuvas podem levar suas casas e assim eles saem do seu habitat para outros locais que podem ser na Zona Urbana”, explicou o capitão.

O Corpo de Bombeiros alerta sobre alguns cuidados que podem ser tomados para evitar que as pessoas sejam picadas. “Os escorpiões e as aranhas costumam entrar em sapatos que não usamos com freqüência ou se alojarem em uma parte do guarda-roupa mais escura. Então antes de usar os sapatos ou mexer nesses locais escuros, dê uma olhada, sacuda para não ter surpresas desagradáveis depois”, informou o capitão.

Mas a prevenção também é essencial para evitar visitantes inesperados. “Quando alguém for fazer limpeza nos quintais ao redor da casa ou ainda em terrenos baldios é importante que use os equipamentos de segurança, como luvas, botas e ainda calças. Pois pode haver ataque de algum animal peçonhento e com a proteção dificulta a picada do animal”, disse Dias.

Caso alguém seja picado, algumas medidas podem ser tomadas até que o socorro médico seja realizado. “Em via de regra, a picada do animal peçonhento vai direto para a corrente sanguínea. Então a pessoa picada precisa ficar calma e se puder, se deitar. E se for nos membros inferiores ou superiores levante para cima para dificultar a chegada do sangue na corrente sanguínea e aí a pessoa deve procurar o Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) que é o local especializado em fazer os soros de picadas de animais peçonhentos”, informou o capitão.

Embora alguns animais peçonhentos tenham sido encontrados na Zona Urbana, eles também podem ser localizados em balneários. “Caso algum animal peçonhento seja localizado em balneários que ficam próximos as matas, é importante que ele seja capturado e que os órgãos responsáveis realizem o resgate”, disse capitão.

Fonte: G1 / RO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here