Câmara de Divinópolis autoriza quase R$ 7 milhões de crédito especial para o Executivo 

0

Os vereadores de Divinópolis aprovaram nesta quinta-feira (16), um Projeto de Lei Ordinário do Executivo Municipal (PLEM) que abre crédito adicional de quase R$ 7 milhões. A justificativa da Prefeitura para solicitar o montante é o pagamento de despesas, incluindo o subsídio de vereadores.

De acordo com o projeto, o crédito adicional suplementar de R$ 6.948 tem como objetivo o pagamento de despesas com material de consumo, serviços de pessoa física e jurídica, subsídio de vereadores, obrigações patronais, locação de mão de obra terceirizada para a Câmara Municipal, para despesas com o Teatro Municipal Usina Gravatá, Escola Municipal de Música Maestro Ivan Silva e Museu Histórico de Divinópolis, despesas com pessoal da Prefeitura, recomposição asfáltica/poliédrica (tapa-buraco), atividades de vigilância em saúde e algumas despesas com atividades relacionadas ao Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Divinópolis.

Em pronunciamento, o vereador Rodrigo Kaboja informou que “suplementação orçamentária é rotineira na casa Legislativae que o prefeito pediu a aprovação para o bom andamento do município”.

Em seguida, o vereador Eduardo Print Junior pediu vista de sete dias alegando que os vereadores não receberam as informações necessárias da Secretaria de Administração. “Que venha alguém aqui para explicar este montante que é grande”, disse.

Já a vereadora Janete Aparecida apoiou o pedido de vista e também questionou o montante. “Muito me preocupa de onde está saindo este dinheiro. Por que não foi gasto no lugar certo? A explicação tem que ser convincente”, questionou.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here