Cascavel, no Ceará, tem tremor de terra de magnitude 3,0

0

Cidades do interior do Ceará têm tremor de terra nesta segunda

Cidades do interior do Ceará têm tremor de terra nesta segunda

A cidade de Cascavel, Região Metropolitana de Fortaleza, registrou na manhã desta segunda-feira (16), um tremor de terra, sentido principalemnte nas cidades vizinhas, Pacajus e Chorozinho. Segundo o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) o tremor atingiu a magnitude 3,0.

De acordo com o coordenador do laboratório, professor Aderson Nascimento, o epicentro ocorreu na cidade de Cascavel. “Na verdade, o que chamamos de epicentro aconteceu no município de Cascavel perto de Chorozinho”, afirma. Ainda segundo Aderson, o tremor foi registrado pelo laboratório por volta das 7 horas.

Ainda nesta segunda-feira pela manhã, conforme Aderson, um técnico do LabSis vai se deslocar para a região para coletar dados de outras estações sismográficas também presentes e assessorar a Defesa Civil.

Segundo com Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) o tremor atingiu a magnitude 3,0. (Foto: Divulgação/LabSis-UFRN)Segundo com Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) o tremor atingiu a magnitude 3,0. (Foto: Divulgação/LabSis-UFRN)

Segundo com Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) o tremor atingiu a magnitude 3,0. (Foto: Divulgação/LabSis-UFRN)

O técnico administrativo Samuel Alencar, morador de Chorozinho, cidade distante 42 quilômetros de Cascavel, local do epicentro, disse que o tremor foi sentido na cidade por volta das 7h45 e 8 horas e durou cerca de 15 segundos. “O tremor foi forte e aqui em casa. Minha casa tremeu. Balançou as coisas que estavam em cima da estante na sala. Apesar do tremor não caiu nada. Mas outras pessoas, meus vizinhos também sentiram e ficaram assustados”, disse.

Em 20 de novembro de 1980 ocorreu um terromoto na cidade de Pacajus com magnitude de 5,2. Outro tremor forte registrado foi em Sobral, em 2009, quando chegou a 4.3 graus. Esse tremor causou rachaduras em estruturas de concreto e derrubou móveis em residências e comércios. O tremor atingiu uma área de 200 quilômetros de raio e chegou a afetar cidades do litoral cearense, como Fortaleza.

Tremores de terra são comuns no Ceará. Segundo o Laboratório de Sismologia da UFRN, os tremores ocorrem devido a fossas subterrâneas que estão constantemente em atividade sismológica. As fossas são ligadas ao encontro das placas tectônicas no Oceano Atlântico, que ligam a América do Sul ao continente africano. Os tremores também podem estar relacionados à atividade sismológica das placas tectônicas.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here