Codemig vai apresentar proposta à Petrobras sobre os ativos da Planta de Amônia em Uberaba

0
Reunião sobre a Planta de Amônia foi realizada nesta quarta-feira (1º), em Belo Horizonte (Foto: PMU/Divulgação)Reunião sobre a Planta de Amônia foi realizada nesta quarta-feira (1º), em Belo Horizonte (Foto: PMU/Divulgação)

Reunião sobre a Planta de Amônia foi realizada nesta quarta-feira (1º), em Belo Horizonte (Foto: PMU/Divulgação)

O prefeito de Uberaba, Paulo Piau, esteve em Belo Horizonte nesta quarta-feira (1º) e se reuniu com o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), Marco Antônio Castello Branco. O assunto foi a situação da Planta de Âmonia em Uberaba. Segundo o prefeito, a Codemig fará uma proposta objetiva, ou seja, de Minas Gerais receber todos os ativos referentes à essa fábrica de amônia. A proposta será apresentada à estatal na semana que vem.

Em outubro, a Petrobras anunciou a alienação de bens da unidade, a qual a construção foi suspensa em julho de 2015. O edital de leilão, previsto para os dias 21, 22 e 23 deste mês, foi publicado na última semana.

Na reunião nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, além de Piau e de Marco Castello Branco, também participaram o deputado estadual, Tony Carlos; o presidente da Associação dos Municipal da Microrregião do Vale do Rio Grande (Amvale), Rui Ramos; e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, José Renato Gomes.

Conforme o prefeito, compensação é a palavra chave da proposta da Codemig para a Petrobras, em relação a Unidade de Fertilizantes Nitrogenados 5 (Planta de Amônia) de Uberaba. A necessidade desta negociação, segundo falado na reunião, se deve à decisão da empresa de vender o projeto uberabense de forma “fatiada”, ou seja, tudo separado, enquanto os projetos de Araucária (PR) e Três Lagoas (MS) estão sendo vendidos em bloco – o que é bem mais vantajoso e de interesse da iniciativa privada.

Na avaliação de Piau, a decisão de não incluir a unidade de Uberaba neste “bolo” causa prejuízos aos cofres públicos e ao município, visto que os empresários querem comprar uma atividade e não um projeto apenas.

“Além disso, se tiver os projetos completos, área, licenciamento ambiental, equipamentos, a aquisição pela iniciativa privada e a retomada do projeto é bem mais rápida. Se comprar tudo separado, somente de licença ambiental, irá demorar mais dois anos. Não queremos dinheiro de impostos, por isso, a palavra compensação é a mais sensata. Entregue para Minas Gerais este ativo, pois com certeza o prejuízo será menor que no leilão. E é esta a proposta que vamos levar com a Codemig”, explicou Piau.

Prefeito de Uberaba busca alternativas para barrar leilão de equipamentos da Planta de Amônia

Prefeito de Uberaba busca alternativas para barrar leilão de equipamentos da Planta de Amônia

O prefeito também disse que está sob a responsabilidade da Codemig, conforme determinado pelo governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, as negociações em torno do gás e também do projeto da Planta de Amônia.

“Como parte integrante, pois a decisão sobre o gás que abastecerá a planta é o do governo, vamos juntos à reunião na Petrobras na próxima semana e a companhia fará uma proposta objetiva em relação a este ativo”, reafirmou o prefeito, lembrando que a agenda na Petrobras foi articulada pelo presidente Michel Temer, com quem esteve recentemente discutindo a decisão da Petrobras em leiloar os bens da unidade.

A intenção da comitiva mineira é deixar tudo em “pratos limpos” e entender o que motivou a Petrobras a tomar esta decisão em relação à Planta de Amônia de Uberaba, considerando que várias reuniões foram realizadas, no sentido de solicitar a venda em bloco. De acordo com o Executivo, não houve por parte da Petrobras nenhuma negativa ou mesmo informações de que faria diferente e que, enquanto isso, o Estado buscava e tratava com investidores já interessados no projeto.

O edital de alienação de bens adquiridos para a unidade foi publicado pela Petrobras na última semana. Como previsto no aviso de licitação pública no Diário Oficial da União (DOU), divulgado no dia 19 de outubro, o leilão eletrônico está marcado para ocorrer nos dias 21, 22 e 23 de novembro. As empresas interessadas têm até o dia 10 de novembro para solicitar participação.

Entre os bens descritos para leilão estão esferas de amônia, tanque de armazenagem de amônia, transformador de entrada de energia, bomba centrífuga, bomba submersível, filtros bag, separador de água e óleo e tanque de armazenamento de ácido sulfúrico.

Leilão foi anunciado no DOU no final de outubro (Foto: Reprodução/Diário Oficial da União)Leilão foi anunciado no DOU no final de outubro (Foto: Reprodução/Diário Oficial da União)

Leilão foi anunciado no DOU no final de outubro (Foto: Reprodução/Diário Oficial da União)

No dia 24 de outubro, Paulo Piau esteve com o presidente da República, Michel Temer, e mostrou preocupação com o leilão da Planta de Amônia. Ele solicitou ao presidente que interrompesse o leilão e juntasse as vendas dos ativos de todo segmento de fertilizantes da empresa. Para o município, segundo o prefeito, a decisão mantida pela Petrobras é equivocada e é preciso proteger o ativo público, além de garantir que o projeto seja viabilizado pela iniciativa privada.

Por nota, a Petrobras informou que uma equipe mínima permanece no local para a conservação e manutenção da área e preservação dos equipamentos e que a área será desmobilizada integralmente após a alienação desses equipamentos.

“Informamos que desde a descontinuidade do Projeto em meados de 2015, a Petrobras realizou estudos e tratativas para viabilizar a continuidade do empreendimento, permanecendo aberta à discussão e avaliação de modelos e configurações de negócios que estejam alinhados com o seu Plano de Negócios e Gestão”, diz trecho da nota.

Encontro entre o prefeito de Uberaba e presidente da República ocorreu no dia 24 de outubro (Foto: Marcos Corrêa/PR)Encontro entre o prefeito de Uberaba e presidente da República ocorreu no dia 24 de outubro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Encontro entre o prefeito de Uberaba e presidente da República ocorreu no dia 24 de outubro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here