Colocar imagem de ex-escrava negra em nota de US$ 20 já não é prioridade, diz secretário do Tesouro dos EUA 

0

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steve Mnuchin, declarou que colocar a imagem da primeira mulher negra nas notas de US$ 20 “já não é prioridade” da Administração Trump.

“Não estou focado nessa questão no momento. No momento, temos questões muito mais importantes a serem tratadas”, declarou Mnuchin em entrevista à rede norte-americana CNBC. O secretário do Tesouro salientou como, em vez disso, ele está se concentrado em lutar contra as fraudes e as falsificações das notas de dólares americanos.

A proposta de colocar a imagem de Harriet Tubman, heroína da luta contra a escravidão, foi apresentada pela administração Obama, em 2016. Jack Lew, então secretário do Tesouro, propôs colocar a Tubman na nota de US$ 20, substituindo Andrew Jackson, o sétimo presidente dos EUA e dono de escravos.

Em 2016, durante a campanha presidencial, o então candidato Donald Trump declarou ao programa “TODAY” da NBC: “Acho Harriet Tubman fantástica. Eu adoraria deixar Andrew Jackson e ver se talvez possamos encontrar outra nota para ela. Talvez nós façamos uma nova nota de US$ 2 ou façamos outra nota”.

Entretanto, em outra ocasião Trump declarou que não concordava em substituir Jackson na nota. “Eu não gosto de ver isso. Sim, eu acho que é puro politicamente correto. Jackson permaneceu na nota por muitos, muitos nãos. E, você sabe, ele realmente representa alguém muito importante para esse país”, afirmou o presidente dos EUA.

Trump nunca fez mistério de sua admiração por Jackson. Ele até colocou um retrato de Jackson no Salão Oval, seu escritório na Casa Branca.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here