Comissão Interna de Prevenção de Acidentes volta atuar após três anos parada em Itaúna

0

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) voltou atuar depois de três anos paralisada em Itaúna. A ação do Executivo para retomar com os trabalhos resultou na recomposição e posse de novos membros.

A Cipa tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador e atuará em prol dos mais de 2 mil colaboradores da Prefeitura de Itaúna.

O órgão é inteiramente responsável por observar e relatar as condições de risco nos ambientes funcionais, propondo medidas para reduzir e até eliminar riscos existentes. A providência busca regularizar as demandas relativas aos serviços de medicina e segurança do trabalho.

“Investir na segurança e na qualidade do trabalho dos servidores é mais uma forma de valorizá-los nos diversos setores do serviço público, preservando a vida e a promovendo da saúde do trabalhador”, destacou o secretário municipal de Administração, Dalton Leandro.

Falta de atuação desde 2015

A Comissão não atua na cidade desde 2015, o que deixava em desamparo os funcionários públicos municipais.

Entre as propostas já aprovadas estão a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e uniformes para servidores de diversos setores, a liberação de uma moto para que os Técnicos de Segurança do Trabalho possam acompanhar as atividades realizadas, bem como executar as vistorias necessárias.

A Cipa é regulamentada pela Portaria nº 3.214, de 08 de junho de 1978, que é a Norma Regulamentadora nº 5, do Ministério do Trabalho. O novo presidente, com mandato de um ano, é o gerente de iluminação, Farlon Rabelo de Melo.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here