Crianças recebem estímulos para tarefas cotidianas através de livros com feltro no Piauí

0

Convidar a criança a uma brincadeira sensorial, explorando texturas, cores, camadas e formas de uma maneira muito lúdica. Esse é o objetivo do livro sensorial elaborado irmãs artesãs Lya e Lyanna Borges, em parceria com a especialista em psicopedagogia, Maria Elizeth da Silva. O material foi confeccionado usando como base o feltro, agregando texturas como cadarços, botões, zíperes, velcro, metais, madeira.

Lya explica que o primeiro livro foi montado com atividades que estimulam raciocínio lógico, memória, atenção, concentração e conscientização sobre assuntos importantes, adequando-se ao dia a dia da criança.

“A ideia surgiu com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento de habilidades cognitivas e sociais das crianças, por meio de atividades lúdicas. Após a confecção do livro, percebemos então que este seria uma ferramenta que poderia contribuir de forma muito significativa com o desenvolvimento de crianças autistas”, comentou artesã.

De acordo com a pedagoga Maria Elizeth, o livro é adequado para todas as crianças e oferece uma diversidade enorme de benefícios. Segundo ela, o folheto desperta inúmeras sensações para as crianças, contribuindo de forma prazerosa com o aprendizado e desenvolvimento de habilidades do dia a dia.

Feltro estimula o conforto para crianças autistas

No caso de crianças autistas, ela ressalta a adequabilidade do material. “Para crianças autistas, o material escolhido, no caso o feltro, é ideal para que a criança se sinta confortável ao manusear as atividades, por ser um material silencioso, respeitando a sensibilidade que algumas crianças tem em relação aos sons”, explicou a pedagoga.

Cada livro é confeccionado manualmente de forma exclusiva com atividades adaptadas de acordo com as necessidades de cada criança. A elaboração das atividades pode ser orientada pelos profissionais terapêuticos que acompanham a criança ou mesmo pelas observações feitas no contexto familiar.

Para a artesã o exercício do corpo humano permite a criança conhecer o próprio corpo melhorando as interações sociais e a auto confiança. “O varal de roupas treina o movimento de pinça. Além de atividades que fortalecem a musculatura e trabalham a força nas mãos”, explicou Lyanna Borges.

Ainda segundo a pedagoga, o livro sensorial agrega aprendizados para toda a vida. “Esse é um material de extrema importância pois possibilita o treino, prática e repetição dos exercícios, facilitando a aplicação nas atividades cotidianas como por exemplo amarrar o cadarço na sala de aula, no momento que surgir a necessidade. A criança já estará familiarizada com o exercício, isso fará com que ela realize a ação com mais confiança”, ressaltou.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here