Criminosos que atacaram Rodoban em Uberaba tinham estudo e conhecimento da região, diz PM

0
Roubo Rodoban Uberaba (Foto: Bruno Sousa/G1)Roubo Rodoban Uberaba (Foto: Bruno Sousa/G1)

Roubo Rodoban Uberaba (Foto: Bruno Sousa/G1)

O comandante da 5º Região de Polícia Militar (RPM), coronel Lupércio Peres, informou que os integrantes da quadrilha que invadiu uma empresa de segurança e de transporte de valores em Uberaba, na madrugada desta segunda-feira (6), tinham conhecimento e estudo da região onde ficava a empresa.

O militar explicou que a PM tentou conter o ataque, mas que os ladrões estavam em locais estratégicos. A ação durou uma hora e meia e teve participação de cerca de 30 criminosos. Eles atiraram por diversas vezes para intimidar a polícia, um jovem foi atingido de raspão e passa bem.

“Teve uma forte rajada de tiros e começamos a fazer a contenção, tentando nos aproximar do local. Mas como estavam posicionados em locais estratégicos dificultou a ação imediata. Acionamos reforços que vieram de outras cidades próximas, mas eles agiram muito rápido. Fizeram um planejamento adequado, um estudo anterior da região e do local. Com certeza têm pessoas que conhecem a região, pois é um local afastado”, afirmou.

Sobre os bens levados, a polícia ainda não tem balanço, que também não foi informado pela Rodoban. Durante a manhã, veículos usados na fuga dos criminosos foram encontrados. “Estamos levantando as informações sobre a quantidade de agentes e armamento utilizado. Verifica-se que tiveram vários tipos de armamentos diferentes então estamos apurando para trazer uma informação mais segura e mais concreta para a população”, ressaltou.

Comandante alerta população para ter cuidados com informações recebidas em redes sociais (Foto: Reprodução/TV Integração)Comandante alerta população para ter cuidados com informações recebidas em redes sociais (Foto: Reprodução/TV Integração)

Comandante alerta população para ter cuidados com informações recebidas em redes sociais (Foto: Reprodução/TV Integração)

Sobre a segurança dos moradores da cidade, o comandante chamou atenção quanto aos boatos que estão repercutindo nas redes sociais e confirmou que o roubo foi uma ação pontual na empresa de segurança e de valores.

“Então é interessante a população confiar nos órgãos as informações pontuais do estado. A cidade está tranquila, as pessoas podem voltar à atividade normal. Foi um fato isolado especificamente na Rodoban”.

O policial afirmou que um vigilante trabalhava na empresa no momento do ataque, no entanto, ele não se feriu. “Ele se manteve isolado dentro da cabine. Se abaixou e não teve nenhum ferimento”.

Os veículos utilizados pela quadrilha foram encontrados abandonados em uma estrada na zona rural do município. Os criminosos também abandonaram um caminhão-baú carregado com explosivos.

Caminhão com explosivos também foi abandonado  (Foto: Reprodução/TV Integração)Caminhão com explosivos também foi abandonado  (Foto: Reprodução/TV Integração)

Caminhão com explosivos também foi abandonado (Foto: Reprodução/TV Integração)

“Temos nosso setor de inteligência buscando levantamento. Estamos fazendo um trabalho em conjunto com as polícias Civil, Federal e Militar buscando exatamente maior elucidação para os fatos. Os veículos serão periciados em busca de vestígios, estão sendo mantido de forma intacta, assim como foram abandonados”, informou o coronel.

Dentro do caminhão foram encontrados explosivos. “Tinham explosivos suficientes para explodir e abrir o cofre da empresa. Com certeza fizeram estudo, sabem manusear para ter o sucesso que tiveram na operação. Mas com certeza estamos montando uma operação envolvendo toda inteligência e nós vamos conseguir prender os meliantes”, concluiu Peres.

Veículos foram encontrados em estrada de terra na zona rural de Uberaba (Foto: Reprodução/TV Integração)Veículos foram encontrados em estrada de terra na zona rural de Uberaba (Foto: Reprodução/TV Integração)

Veículos foram encontrados em estrada de terra na zona rural de Uberaba (Foto: Reprodução/TV Integração)

A ação dos criminosos começou por volta das 3h e durou cerca de uma hora e meia. O foco do grupo foi a Rodoban, no Bairro Boa Vista, que foi explodida. Eles atiraram diversas vezes, inclusive contra os transformadores para cortar o fornecimento de energia nos quarteirões próximos ao local do crime. A telefonia fixa também foi atingida.

Durante o roubo, o quarteirão ficou cercado e criminosos armados se posicionaram nas esquinas. Eles também colocaram fogo em veículos para atrapalhar o acesso ao local.

Vários moradores do Bairro Boa Vista e Fabrício escutaram os tiros e explosões. Cápsulas e pregos foram recolhidos nas ruas próximas ao local do crime.

“Eu tomei um susto tremendo e deitei no chão quando comecei ouvir rajadas de metralhadoras e explosões. Sensação de insegurança. Fiquei preocupado com a Polícia Militar que também coloca a vida deles em risco. Deu pra perceber que o armamento deles era muito pesado”, contou o morador Anilton Leocadio da Silva.

A moradora Silvânia Alves conta que viu os criminosos na calçada da casa dela. “Eles gritavam muito, desviavam carros que passavam pela rua, mandavam as pessoas voltarem, eu ouvi muitos tiros de metralhadora. Quando escutamos os barulhos, fomos para o fundo de casa, pois recebemos mensagens pelo celular de policiais pedindo pra que a gente ficasse longe das janelas e portas”, relatou.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here