Documentários 'Human Flow' e 'Cartas para um ladrão de livro' são destaques da 41ª Mostra Internacional de Cinema de SP; G1 comenta

0

Filmes premiados serão exibidos na Mostra Internacional de Cinema em SP

Estreia nesta quinta-feira (19), a 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. O evento conta com a exibição de 394 filmes em diversos pontos da capital paulista. A abertura da mostra é marcada pela a exibição do documentário “Human Flow – Não Existe Lar se Não Há para Onde Ir”.

O filme é dirigido pelo chinês Ai Weiwei, um dos principais e mais polêmicos artistas da atualidade, e aborda um tema forte: refugiados estrangeiros que arriscam a vida tentando fugir de seus países de origem em busca de um lugar melhor para viver. O documentário mostra gente disposta a tudo e exibe cenas de famílias enfrentando aquelas perigosas travessias pelo oceano. “Human Flow” foi filmado ao longo de um ano, passando por 23 países.

“Human Flow - Não Existe Lar se Não Há para Onde Ir”  (Foto: Divulgação)“Human Flow - Não Existe Lar se Não Há para Onde Ir”  (Foto: Divulgação)

“Human Flow – Não Existe Lar se Não Há para Onde Ir” (Foto: Divulgação)

Outro documentário que marca a Mostra é o brasileiro “Cartas para um ladrão de livro”, dirigido por Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros. O filme conta a história de Laéssio Rodrigues de Oliveira, considerado pelas autoridades brasileiras o maior ladrão de livros raros do país.

O personagem intrigante é um balconista de uma padaria obcecado por Carmem Miranda. Laéssio acaba mergulhando no mercado negro das artes e se torna um criminoso absolutamente incomum, que tinha como objetivo ficar famoso, ainda que por vias tortas.

FILMES PREMIADOS PELO MUNDO

Passaportes garantem economia para quem quiser curtir Mostra Internacional de Cinema

Passaportes garantem economia para quem quiser curtir Mostra Internacional de Cinema

A Mostra de São Paulo é uma chance de ver filmes premiados em outras mostras mundo afora. Neste ano, dois deles mostram jornadas movidas pelo amor materno.

O primeiro é “Três Anúncios para um crime”. O filme conta a história dessa de uma mulher que fica desorientada depois que sua filha é morta em um crime misterioso. Elasai desafiando os policiais da cidade para resolver a trama por conta própria. A protagonista é a ótima Frances McDormand, que ganhou o Oscar por Fargo. “Três anúncios para um crime” foi premiado em Toronto e Veneza.

A segunda mãe à beira de um ataque de nervos se chama Felicité. O filme francês tem o mesmo nome dela. Felicité trabalha como cantora em um bar no Congo. Seu filho sofre um acidente de moto e ela vive uma aventura pela cidade para conseguir dinheiro para a cirurgia. “Felicité” foi premiado no festival de Berlim.

Outro filme consagrado, este com a palma de ouro de Cannes, é o sueco “The Square”. Ele conta a história do curador de um museu de arte contemporânea à frente de uma nova exposição. O filme é uma sátira desse mundo pretensioso. A ideias arrojadas da exposição dão errado e criam situações entre tragédia e humor.

“The Square” (Foto: Divulgação)

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here