Estudantes de RO chegam para 2° domingo do Enem 2017

0

Mais de 70 mil estudantes devem fazer a 2ª prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo (12). Logo que os portões abriram, às 10h (horário local), milhares de candidatos que aguardavam do lado de fora já se dirigiram para as salas.

Um dos estudantes que chegou cedo para a prova é Tiago Brito, de Porto Velho. Ele estuda há dois anos para cursar medicina na Unir.

Com rotina diária de 13 horas estudadas, o jovem se diz confiante. “Passei direito na Unir uma vez e cursei dois períodos, mas tranquei para correr atrás do que quero, que é medicina”, afirma.

Rosicleide Cassimiro, de 24 anos, e Deleon Sousa, 25, são casados e foram fazer a prova na mesma faculdade na capital.

Para a jovem, vai ser um dia mais livre. “O complicado já passou. Sou melhor melhor em matemática”, disse a jovem.

O objetivo de Deleon e conseguir uma bolsa de estudos. ” Já estudo psicologia, mas queria uma bolsa. Espero que a prova seja mais fácil” disse o jovem.

Em Vilhena (RO), Andreia Maciel Ohnesorge, 25, chegou cedo para a prova e disse que está menos nervosa neste domingo, já que seu temor maior era a redação do primeiro dia.

“Sou formada em Serviço Social e meu sonho é trabalhar em órgão público. Como os concursos nessa área são muito concorridos , estou prestando o Enem para tentar um bolsa para administração”, relata.

Em Ji-Paraná (RO), Jaqueline klitzke, 19 anos, chegou às 8h30, pois a carona dela precisava levar outra pessoa em outro local de prova.

“A primeira prova fiquei mais apreensiva, pois eu gosto mais de cálculos. Hoje estou mais tranquila”, afirma a candidata que deseja uma bolsa para o curso se medicina veterinária.

Neste domingo, os candidatos terão de responder 45 questões de química, física e biologia, e outras 45 de matemática. (Os professores dizem que a estratégia dos alunos para resolver a prova também precisa mudar.)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) também eliminou do exame a função de certificação do ensino médio, e ainda incluiu mudanças nos cadernos de prova, que passam a ter também os nomes dos candidatos para aumentar a segurança.

Fonte: G1 / RO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here