Ex-prefeito de Barreirinhas é acionado por improbidade administrativa

0

Em decorrência do ato de improbidade praticado, o Ministério Público pediu a Justiça que sejam aplicadas aos ex-gestores, entre outras penalidades, a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here