Falso advogado é preso suspeito de enganar clientes desde 2011 em Ariquemes, RO

0

Um homem de 36 anos foi preso em flagrante suspeito de atuar ilegalmente como advogado em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. A prisão ocorreu na tarde de quinta-feira (14), após apuração da subseção de Ariquemes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Segundo o presidente de OAB de Ariquemes, Alex Sarkis, o suspeito atuava principalmente na área previdenciária, enganando pessoas com menor grau de instrução, desde 2011. “Ele estaria atuando na região de Ariquemes como se advogado fosse, sem que estivesse devidamente inscrito nos quadros da OAB”, declarou.

Sarkis conta que o suspeito fazia cobrança exacerbada de honorários e porcentagem sobre ganhos de causa que chegava a 50%.

“A principal área de atuação desse individuo era a previdenciária, com pessoas de mais idade, buscando aposentadorias, na área rural principalmente. A pouca informação torna essas pessoas mais suscetíveis as ações desse indivíduo”, contou.

Glaucia Ribeiro é nora de uma das vítimas do homem. Ela conta que o alto ganho sobre o valor da causa gerou desconfiança no esposo dela.

“Meu sogro recebeu R$ 49 mil e ele (falso advogado) chegou a receber a metade. Mas no caso da minha sogra, meu esposo achou que era muito e procurou um advogado para tirar um segundo parecer e descobriu que ele não era advogado. Ele havia pedido 50%”, explicou.

O delegado Leomar Gonçalves, que fez o flagrante, explicou que pessoas que foram lesadas pelo advogado podem procurar a OAB ou a Polícia Civil. Ele também explicou porque o suspeito não ficou preso.

“Essas investigações podem ser continuadas se houver outras vítimas. Como o crime é de menor potencial ofensivo, ele se comprometeu a comparecer no juizado, passou por exame de corpo de delito e livrou-se solto”, disse.

Após prestar esclarecimentos ao delegado de plantão na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), o homem foi liberado. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ariquemes.

Fonte: G1 / RO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here