Festival de Brasília debate presença feminina no cinema nesta segunda; veja agenda

0

A programação do quarto dia do Festival de Cinema de Brasília reacende o debate sobre a presença feminina no audiovisual. Nesta segunda-feira (18), os participantes da 50ª edição do festival poderão conferir a discussão sobre o tema em um painel que acontece a partir das 14h no auditório do Museu da República.

Na Mostra Competitiva, às 21h, o longa-metragem “Café com Canela” – o primeiro de seus diretores, Glenda Nicácio e Ary Rosa – narra a história do reencontro de duas mulheres negras, de gerações distintas, na região do Recôncavo da Bahia.

No filme, Margarida (Valdineia Soriano) vive na cidade de São Félix (BA), isolada pela dor da perda do filho. Já Violeta (Aline Brune), em Cachoeira. Os municípios são separados por um rio e uma ponte. Quando elas se encontram, inicia-se um processo de transformação, marcado por visitas e uma troca de afetos regados a cafés com canela. A mistura desperta em Margarida vontade de voltar a viver e, no público com olhar atento, a mensagem sobre afetividade e solidão da mulher negra.

Além de nove longas, a programação da Mostra Competitiva prevê, ainda, a exibição de 12 curtas-metragens. Nesta categoria, a disputa é por prêmios técnicos e artísticos. A exibição principal, no Cine Brasília, é complementada por um roteiro itinerante em outras salas. (veja programação completa mais abaixo)

Nesta segunda (18), ocorre a exibição do curta “As Melhores Noites de Veroni”, também protagonizado por uma mulher. O enredo feminino, primeira ficção produzida pelo diretor Ulisses Arthur, se passa no estado de Alagoas. Enquanto o marido passa os dias na estrada, a protagonista Veroni (Laís Lira) encontra nas noites uma forma de “transcender e responder seus dilemas amorosos”.

50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Locais: Cine Brasília (106/107 Sul), Museu da República (Setor Cultural Sul, lote 2), Meliá Brasil 21 (SHS Quadra 6), Teatro da Praça de Taguatinga (St. Central AE 5, próximo à Praça do Relógio), Espaço Semente (Setor Central do Gama, Entrequadras 52/54), Teatro de Sobradinho (Área Especial, Q 12, próximo à rodoviária) e administração regional do Riacho Fundo (Área Central 3, Lote 6).

Preços: R$ 6 (meia-entrada para a Mostra Competitiva, no Cine Brasília); entrada franca para as outras exibições. Algumas atividades requerem inscrição prévia pela web.

Veja programação completa para esta segunda (18)

Festival de Curtas das Escolas Públicas

Curadoria Aberta: O Processo de montagem da programação do 50º Festival de Brasília

Festivalzinho – Mostra Infantil

Reprise da mostra competitiva – Inocentes e Pendular

Mostra 50 anos em 5 dias – Registros de uma história

Programação multicultural

Programação multicultural

Programação multicultural

Programação multicultural

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here