Fortaleza registra 121 mortes no trânsito no primeiro semestre do ano

0

Fortaleza registrou 121 mortes em decorrência de acidentes de trânsito no primeiro semestre deste ano, conforme pesquisa divulgada nesta segunda-feira (18) pela prefeitura. O número, segundo o estudo, é o menor registrado desde 2004, ano em que a capital passou a utilizar um sistema informatizado.

Em comparação com o primeiro semestre de 2016, quando Fortaleza teve 126 mortes, o número de casos caiu 3,9%. A maior redução foi registrada entre os motoristas de veículos de quatro ou mais rodas, que caiu 80%, saindo de 10 para dois casos.

Os motociclistas continuaram como as principais vítimas dos acidentes e respondem por 45,8% de todos os registros de mortes. Foram 55 mortes no trânsito em decorrência de acidentes com motos. Logo em seguida, vieram os pedestres, com 45 mortes- 38,1% do total de casos.

A pesquisa apontou que a velocidade excessiva ocasionou, pelo menos, 33% dos acidente fatais. Em 21% dos casos, o acidente foi ocasionado por condutores que avançaram a via sem dar preferência. Os motoristas sem habilitação ocasionaram 16% dos acidentes.

Em relação às mortes de pedestres, a pesquisa mostrou que 57% das vítimas morreram atropelados em uma distância de até 500 metros de casa.

O estudo é realizado pela Prefeitura de Fortaleza com apoio da Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária Global. As informações vão compor o Relatório Anual de Segurança Viária de Fortaleza.

“Essas informações são fundamentais porque a partir delas conseguimos traçar estratégias e implementar ações direcionadas para prevenir esses casos. Cada vez mais nós conseguimos aprofundar as informações sobre o perfil de quem está morrendo e onde essa tragédia está acontecendo”, afirmou o prefeito Roberto Cláudio.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here