Gatos e funcionários da casa de Hemingway escapam ilesos do furacão Irma 

0

Os 54 gatos que vivem na casa que pertenceu ao escritor Ernest Hemingway, em Key West, na Flórida, escaparam ilesos do furacão Irma. Eles permaneceram dentro do prédio na companhia de dez funcionários que ignoraram os alertas de evacuação e se recusaram a deixar os animais.

Todos os animais que vivem no local têm o gene da polidactilia, e por isso a maioria deles tem seis dedos em algumas das patas. Muitos são descendentes de Snow White, um gato do escritor que tinha a mesma mutação genética.

A região onde fica a casa, na qual funciona o The Ernest Hermingway Home & Museum, um museu que também aluga espaço para festas de casamento e outros eventos, esteve na rota direta do olho do furacão, mas a construção não sofreu danos estruturais.

A gerente Jacque Sands havia anunciado com antecedência que não deixaria o local porque seria arriscado tentar remover todos os animais, que sofreriam com o stress do transporte em horas presos no trânsito. Os demais funcionários decidiram então permanecer e ajudar a cuidar dos gatos.

Segundo o site do museu, a casa foi construída em 1851 e se tornou o lar do escritor, ganhador do Nobel de Literatura, em 1931. Snow White foi apenas um dos muitos gatos que Hemingway teve enquanto viveu no local com sua mulher, Pauline, e seus dois filhos, Patrick e Gregory. A família deixou a casa em 1940, quando se mudou para Cuba.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here