Ultimate alega ter retirado cinturão dos pesos-penas de Randamie após holandesa se negar a enfrentar Cyborg; Nova campeã sai da luta entre brasileira e Megan Anderson

Germaine de Randamie perdeu o cinturão dos penas do UFC (Foto: Getty Images)

O anúncio do duelo ente Cris Cyborg e Megan Anderson pelo cinturão dos pesos-penas, no UFC 214, no dia 29 de julho, parece ter causado surpresa na agora ex-campeã da categoria, Germaine De Randamie. Apesar de ter se recusado a enfrentar a brasileira, alegando que Cyborg teria problemas com doping, a holandesa declarou que não recebeu nenhuma notificação do Ultimate de que perderia o título.

– Eu não tinha ideia de que o cinturão seria tirado de mim. Descobri nas redes sociais, pela internet. Cyborg vai lutar com Megan pelo cinturão. Ninguém me falou nada sobre isso – disse De Randamie ao site “MMA Fighting”.

No anúncio da luta entre Cyborg e Anderson, o UFC afirmou que Germaine e sua equipe estavam cientes de que perderiam o cinturão dos penas, e destacou que é esperado de um campeão que aceite confrontos com lutadores bem classificados na categoria em questão.

– O UFC informou Germaine de Randamie e seus agentes de que não seria mais a campeã dos pesos-penas devido a falta de vontade de enfrentar a lutadora número 1 no ranking, Cris “Cyborg” Justino. Consequentemente, Justino vai enfrentar a nova campeã dos penas no Invicta, Megan Anderson, pelo título da categoria, no co-evento principal do UFC 214. O UFC acredita que é esperado de qualquer campeão que aceite lutas contra os lutadores mlhores ranqueados nas suas respectivas categorias, visando manter a integridade do esporte.

Dona de um cartel de sete vitórias e três derrotas, Germaine de Randamie destacou que o episódio não caracteriza um ponto final na carreira, e prometeu um retorno aos pesos-galos do Ultimate, a categoria na qual competia antes de ir aos penas, vencer Holly Holm e conquistar o cinturão até 66 kg. 

 

Fonte: GloboEsporte.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here