Google Chrome: como sincronizar configurações em diferentes dispositivos

0

O Google Chrome permite salvar uma mesma configuração que estará disponível em vários aparelhos, como computadores e smartphones. É uma forma de o navegador guardar suas principais preferências e você não ter a necessidade de criar novas seções de favoritos, possuir históricos de navegações separados, ou precisar digitar suas senhas nos serviços acessados pelo browser.

No passo a passo abaixo, ensinamos como programar essa função no navegador do Google. Fizemos o procedimento no celular, mas também é possível completá-lo pelo seu PC.

Passo 1. Abra o navegador e clique no ícone de três pontinhos no canto superior direito da janela. Depois, toque em “Configurações” e vá em “Fazer login no Google Chrome” para inserir seus dados.

Passo 2. Se você utiliza a mesma conta em dispositivos diferentes, por padrão o browser fará a sincronização automática. Contudo, você pode selecionar o que será compartilhado entre o Chrome nos vários aparelhos. Para isso, abra novamente “Configurações” e clique no seu nome, bem no topo da tela, para acessar a opção “Sincronizar”.

Passo 3. Como dito anteriormente, o Chrome habilita a sincronização total de informações automaticamente. Para fazer uma seleção personalizada, desmarque a chave “Sincronizar tudo” e marque apenas o que for do seu interesse. Pode ser só os seus favoritos, histórico, guias abertas, entre outras funções.

Passo 4. Outra possibilidade é alterar o tipo de criptografia usada durante essa sincronização. Toque em “Criptografia” no final da tela, e você verá duas opções: na primeira, “Criptografar senhas sincronizadas com seu nome de usuário e senha do Google”, suas senhas serão criptografadas da forma comum, sem nenhum adicional. Já na segunda, “Usar as credenciais do Google para criptografar e proteger minhas senhas”, só quem digitar a senha da sua conta corretamente conseguirá visualizar seus dados.

Como você viu, trata-se de um recurso simples. No entanto, não é recomendável sincronizar sua conta caso você utilize o Chrome em computadores públicos, uma vez que você não tem controle sobre quem faz uso da máquina.

Fonte: TecMundo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here