IBGE inicia nesta segunda-feira a pesquisa do Censo Agropecuário 2017

0
Cerca de 1 200 servidores participarão  do censo agropecuário 2017 no Piauí (Foto: Reprodução / FAEPE)Cerca de 1 200 servidores participarão  do censo agropecuário 2017 no Piauí (Foto: Reprodução / FAEPE)

Cerca de 1 200 servidores participarão do censo agropecuário 2017 no Piauí (Foto: Reprodução / FAEPE)

O IBGE inicia nesta segunda-feira (2) as operações do seu 10º Censo Agropecuário, a principal e mais completa investigação estatística e territorial sobre a produção agropecuária do país.O censo irá mobilizar mais de 24 mil servidores temporários, contratados especificamente para atuarem nessa operação censitária. Destes, 1.200 participarão do Censo no Piauí.

Ao longo de cinco meses, os recenseadores irão visitar mais de 5,3 milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país, e cerca de 230 mil somente no Piauí. Eles levantarão informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos, dentre outros temas. O importante papel da agricultura familiar na produção agropecuária do país será investigado mais uma vez.

Cerca de 18.800 recenseadores irão percorrer os estabelecimentos agropecuários de todos os 5.570 municípios do país. No Piauí serão 929 recenseadores a percorrer os 224 municípios do estado.

Desde o Censo Agropecuário de 2006, o IBGE vem utilizando um pequeno dispositivo móvel de coleta, à semelhança de um pequeno “smartphone”, onde são armazenadas todas as informações passadas pelos informantes. Após a coleta, os recenseadores repassam os dados para os computadores centrais do IBGE, através de conexão de internet, inclusive via “wireless”.

Importância de receber o IBGE

É importante que os proprietários rurais recebam o técnico do IBGE, pois os resultados do Censo Agropecuário irão permitir que as instâncias governamentais, seja no plano federal, estadual ou municipal, possam implementar políticas públicas diversas, no sentido de melhorar as condições de vida no campo, através da oferta de financiamentos, melhoria do saneamento e da disponibilidade de energia elétrica, investimento na conservação e incremento das vias de tráfego, permitindo uma melhoria do escoamento da produção agropecuária.

A partir de meados de 2018 serão publicados os resultados definitivos da coleta do Censo Agropecuário 2017, com informações da pesquisa consolidados para o Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação.

Veja abaixo algumas comparações da evolução dos resultados evidenciadas através da pesquisa do Censo Agropecuário no Piauí, referentes aos anos de 1995 e 2006:

1) A quantidade de estabelecimentos agropecuários cresceu 17,90% no período, saltando de 208.111, em 1995, para 245.378, em 2006;

2) A área total plantada de lavouras temporárias, de culturas como o milho, soja, arroz e feijão, aumentou 117% no período, passando de 506.735 ha, em 1995, para 1.101.735 ha, em 2006;

3) A produção de soja cresceu de forma exponencial, elevou-se 2.746,82% no período, passando de 20.293 toneladas, em 1995, para 577.705 toneladas, em 2006. Esse crescimento extraordinário deveu-se à consolidação da plantação de soja na região dos cerrados piauienses, no sul do estado;

4) A produção de ovos de galinha elevou-se em 47,53% no período, passando de 1.885.415 dúzias, em 1995, para 2.781.617 dúzias, em 2006;

5) O número de pessoas ocupadas na agropecuária (proprietários e empregados) cresceu 24,81% no período, passando de 666.465 pessoas, em 1995, para 831.827 em 2006;

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here