Inflação em Uberlândia registra segundo maior índice do ano no mês de outubro

0

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação, apresentou variação de 0,62% durante o mês de outubro em Uberlândia. O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (14) pelo Centro de Estudos Pesquisas e Projetos Econômico Sociais da Universidade Federal de Uberlândia (Cepes-UFU) e aponta que esta é a maior inflação registrada desde janeiro, quando o índice chegou a 0,86%.

Além disso, o levantamento mostra que o valor médio gasto com cesta básica ficou em R$ 342,70, o mais baixo do ano. O IPC calcula a variação de preços para famílias que ganham de um a cinco salários mínimos em nove grupos de produtos: saúde e cuidados pessoais, habitação, educação, alimentação e bebidas, artigos de residência, vestuário, transportes, despesas pessoais e comunicação.

De acordo com a UFU, a inflação foi influenciada principalmente pelo aumento dos preços do aluguel, em 3%, e da energia elétrica (7,14%). O economista Álvaro Fonseca explicou que o aumento do aluguel é decorrente do crescimento dos valores de taxas e, por sua vez, o aumento na energia elétrica é resultado do reajuste da bandeira tarifária vermelha, presente nas contas de luz no mês de outubro.

Com valor de R$ 342,70, o gasto mensal da Cesta Básica de Alimentos de Uberlândia em outubro registrou o valor mais baixo de 2017. Em relação ao mês de setembro, no conjunto de alimentos, os principais produtos que tiveram redução no preço foram o feijão (-19,76%) e o açúcar (-12,90%).

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here