Justiça Federal vai debater destinação de área da Infraero desocupada em Macapá

0

Está marcada para o dia 17 de outubro uma audiência pública que vai discutir o destino da área localizada na divisa entre os bairros Pacoval e São Lázaro, no Canal do Jandiá, em Macapá, que foi desocupada em reintegração de posse no dia 25 de setembro. A região faz parte da faixa de segurança da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Um total de 310 famílias foram despejadas.

O juiz federal João Bosco Soares falou que a audiência tratará as propostas sobre o que será feito na área após a retirada da madeira das casas. Entre as possibilidades, segundo ele, está a reurbanização do local com construção de praça ou avenida.

“Vamos discutir com a população e órgãos responsáveis para estudarmos a destinação desta área. O que não podemos é retroceder e deixar o local ser novamente invadido. Ali não é um lugar para moradia, pois é insalubre e praticamente está no esgoto, criando diversos problemas para a população”, destacou o juiz.

O trabalho para a retirada da madeira deve durar ainda três meses. A área foi invadida há cerca de seis anos e a reintegração ocorreu a pedido da Justiça Federal.

De acordo com a Secretaria de Estado de Mobilização e Inclusão Social (Sims), as famílias foram avisadas previamente sobre a reintegração. Dessas, 144 já foram contempladas com apartamentos e casas no Conjunto Macapaba II, na Zona Norte da cidade.

A Sims ainda garante que 52 famílias estão cadastradas no Programa Minha Casa Minha, mas têm pendências de documento. O governo informou que vai garantir aluguel para 56 famílias e 58 não demonstraram interesse em acessar uma casa no conjunto habitacional e nem pelo aluguel social, garante a secretaria.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 AP ou por Whatsapp, nos números (96) 99178-9663 e 99115-6081.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here