Kim Jong-un diz que 'mentalmente perturbado' Trump irá pagar caro por discurso

0
O líder norte-coreano Kim Jong-un observa o lançamento de um míssil Hwasong-12 em foto não datada divulgada no sábado (16) pela agência KCNA (Foto: KCNA via Reuters)O líder norte-coreano Kim Jong-un observa o lançamento de um míssil Hwasong-12 em foto não datada divulgada no sábado (16) pela agência KCNA (Foto: KCNA via Reuters)

O líder norte-coreano Kim Jong-un observa o lançamento de um míssil Hwasong-12 em foto não datada divulgada no sábado (16) pela agência KCNA (Foto: KCNA via Reuters)

O líder norte-coreano Kim Jong-un disse que o presidente dos EUA, Donald Trump, irá pagar caro por sua “discurso excêntrico”, referindo-se à fala na Assembleia Geral da ONU, na qual o americano afirmou que irá “destruir totalmente” a Coreia do Norte se não tiver escolha.

“Eu estou agora pensando muito sobre qual resposta ele poderia esperar quando permitiu que palavras tão excêntricas saíssem de sua boca”, disse Jong-un, de acordo com a agência norte-coreana KCNA nesta quinta (21).

“Seja lá o que Trump estivesse esperando, ele irá enfrentar resultados além de sua expectativa. Eu certamente e definitamente irei domar o mentalmente perturbado senil dos EUA com fogo”, disse ainda.

“Se ele estava pensando que nos assustaria com o som de um cão latindo, isso é realmente o sonho de um cão”, afirmou Ri Yong-ho. Ainda de acordo com a agência sul-coreana, quando alguém fala no “sonho de um cão” na Coreia é porque quer se referir a uma ideia absurda ou que não faz qualquer sentido.

Jornalistas pediram ainda que o ministro comentasse o apelido de “Rocket Man” (homem foguete) que Trump atribuiu a Kim Jong-un em seu discurso, mas Yong-ho se limitou a dizer que sentia “pena de seus assessores”.

O presidente dos EUA, Donald Trump, discursa na Assembleia Geral da ONU (Foto: Lucas Jackson/Reuters)O presidente dos EUA, Donald Trump, discursa na Assembleia Geral da ONU (Foto: Lucas Jackson/Reuters)

O presidente dos EUA, Donald Trump, discursa na Assembleia Geral da ONU (Foto: Lucas Jackson/Reuters)

Trump, que chamou o regime de Kim Jong-Un de “depravado”, afirmou que “é hora de Coreia do Norte aceitar que a desnuclearização é o único futuro possível”. Ele agradeceu à China e à Rússia por terem votado a favor de impor sanções contra o regime, após um teste nuclear realizado no mês de setembro.

Trump ainda defendeu que a comunidade internacional deve “fazer mais” contra a Coreia do Norte. “É hora de as nações trabalhem juntas para isolar o regime de Kim até que ele cesse seu comportamento hostil”, afirmou, chamando o comportamento de Kim de “missão suicida”.

Em sua fala, que durou 41 minutos, Trump disse que o desenvolvimento de mísseis balísticos e armas nucleares por parte da Coreia do Norte “ameaça o mundo todo”.

O presidente americano disse ainda que entre os setores da economia norte-coreana afetados pelas novas medidas estão o têxtil, o de pesca, o de tecnologia da informação e o de manufaturas.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here