Mapa do Turismo Brasileiro aponta potencial em quase 80 municípios da Zona da Mata e Vertentes

0

Setenta e nove municípios da Zona da Mata e Campo das Vertentes estão no Mapa do Turismo Brasileiro2017, divulgado na última quinta-feira (14) pelo Ministério do Turismo. Eles estão incluídos em 10 regiões turísticas: Serras de Minas, Villas e Fazendas de Minas, Caminho Novo, Nascente do Rio Doce, Pico da Bandeira, Trilha dos Inconfidentes, Serra do Brigadeiro, Serras de Ibitipoca, Caminhos Verdes de Minas, Serras e Cachoeiras.

De acordo com o novo mapa, 87 municípios estão nas categorias A, B e C, que são os que concentram o fluxo de turistas domésticos e internacionais e oferecem melhor infraestrutura. Na Zona da Mata, não há municípios categoria A. Os melhores qualificados são Juiz de Fora e São João Del Rei, na categoria B. Já na categoria C, foram listados Carangola, Espera Feliz, Muriaé, Lima Duarte, Ubá, Viçosa, Cataguases, Leopoldina, Barbacena.

Os demais municípios figuram nas categorias D e E. Esses destinos não possuem fluxo turístico nacional e internacional expressivo. No entanto, possuem papel importante no fluxo turístico regional e precisam de apoio para a geração e formalização de empregos e estabelecimentos de hospedagem.

No Estado, 555 cidades foram elencadas com vocação turística. São 276 a mais que as listadas no ano passado. Agora, Minas Gerais tem 48 regiões turísticas, oito a mais do que em 2016. No país, foram listados 3.285 municípios em 328 regiões turísticas. Em 2016, foram 2.175 cidades em 291 regiões.

De acordo com o Ministério do Turismo, a identificação e a classificação das cidades permitem que as políticas públicas e investimentos sejam mais adequados à realidade de cada região. A atualização periódica do mapa faz parte de uma estratégia do Plano Brasil + Turismo, lançado neste ano para fortalecer o setor de viagens no país. A partir de agora, o documento passa a ser atualizado a cada dois anos.

Confira os municípios da Zona da Mata e Verentes integrantes do mapa e divididos por região turística:

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here