Menina de sete anos doa cabelo para pacientes em tratamento de câncer em Fortaleza

0

A auxiliar de serviços gerais Ângela Maria da Silva não teve dúvidas sobre qual seria o destino dos cabelos da menina Maísa quando soube que a garota pretendia cortá-los. Ela trabalha na escola onde a garota estuda e teve a ideia de doar o cabelo para pacientes em tratamento de câncer. “Fiz um trabalho como liderança no Bairro Sapiranga e ainda hoje as pessoas me procuram pedindo ajuda. Quando a Maísa sentou no meu colo na hora do recreio e disse que iria cortar o cabelo no dia seguinte, perguntei ‘você sabe o que vai fazer com esse cabelo?’ e ela disse ‘não’. Então, eu falei, eu sei. Aí conversei com o pai e a mãe dela que conheço há muito tempo e disse que íamos fazer uma criança feliz com a doação”, disse Ângela. (veja no vídeo acima)

“A gente viu uma reportagem na TV sobre crianças que estão precisando de cabelo no ICC (Instituto do Câncer do Ceará), então conversamos com ela, eu e o pai, e falamos para a Ângela que a gente aceitava doar”, disse a mãe da menina, Antônia Bezerra Cavalcante, dona de casa. Segundo ela, Maísa não cortava o cabelo há três anos.

O uso de perucas durante o tratamento contra o câncer é uma das alternativas utilizadas por pacientes para enfrentar a mudança da aparência e superar os percalços da doença.

Doações como a da família de Maísa vão para um projeto como o “Um Pedacinho de Amor não Dói”, que produz e cede as perucas para a Associação Nossa Casa emprestar. A Associação montou um banco de empréstimo de perucas e, junto com o projeto , ajuda mulheres e crianças.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here