Monitor da Violência: Rondônia ainda tem vítima não identificada na lista

0

Das 1.195 vítimas de mortes violentas no país entre 21 e 27 de agosto, 20% não tiveram o nome divulgado. São pessoas “invisíveis”, que nem sequer foram identificadas ou que não tiveram seus nomes informados pelas autoridades.

O projeto do G1 em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública quer obter os nomes de todas. O objetivo é mostrar a importância de cada uma nesse embate silencioso diário que ocorre no país. Mas não só: a intenção é jogar luz na falta de transparência de parte dos governos, que se negam a passar os nomes das pessoas, contribuindo para que histórias de crimes sejam divulgadas como mera estatística.

Para isso, o G1 quer a ajuda de seus leitores. Trata-se de um desafio. Em Rondônia, uma vítima ainda continua sem nome.

Caso tenha algum conhecimento sobre o caso abaixo, basta entrar em contato pelo Fale Conosco ou pelo VC no G1.

Leia sobre o caso de assassinato com vítima não identificada:

Confira as mortes ocorridas em Rondônia durante esse período:

Fonte: G1 / RO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here