Mulher acusada de matar marido em 2014 é condenada em Juiz de Fora

0

A ré estava solta desde junho de 2014, beneficiada pela liberdade provisória por não ter atrapalhado o andamento do processo. No dia 22 de setembro de 2015, o juiz Raul Fernando de Oliveira Rodrigues considerou que há elementos que comprovam a acusação do crime e da autoria, o que justificava levar o caso a julgamento no tribunal.

Ela respondeu por homicídio qualificado ao usar meio cruel, dificultando a defesa da vítima e ocultando o cadáver. Catiana foi julgada e considerada culpada.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here