Operação prende 14 pessoas suspeitas de integrarem quadrilhas de tráfico em RO

0

A Polícia Civil de Ariquemes (RO), com o auxilio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagrou na nesta testa terça-feira (14) a Operação Omoplata com o objetivo de combater duas quadrilhas especializadas no tráfico de drogas no Vale do Jamari. Conforme a Polícia Civil, 14 pessoas suspeitas de integrarem duas quadrilhas atuantes na região foram presas na ação. Outras duas pessoas são consideradas foragidas.

De acordo com o delegado regional Rodrigo Duarte, as investigações da operação iniciaram no final de março deste ano e, desde então, cerca de 40 quilos de cocaína foram apreendidas durante o curso das ações policiais.

“Nós iniciamos um trabalho de monitoramento de algumas pessoas e identificamos que existiam fortes indícios de narcotráfico e de associação com o tráfico de drogas. Com base nos monitoramentos que foram sendo efetuados, as quadrilhas começaram a serem vigiadas pelo Núcleo de Inteligência e nós identificamos um fornecedor de cocaína que ficava localizado em Guajará-Mirim (RO), e através do monitoramento desse cidadão nós identificamos outra quadrilha, pra quem ele também fornecia a droga e que também era de Ariquemes”, comenta.

O diretor de polícia do interior, delegado Arismar Araújo de Lima, relata que 120 agente, entre Polícia Civil e PRF, atuaram na operação, por conta da periculosidade das pessoas envolvidas.

“Até que a quantidade de alvos não era quantitativa, mas, devido a periculosidade dessas pessoas envolvidas, a gente quis elevar o número de policiais para irem aos locais”, destaca.

Para Arismar Araújo, a Polícia Civil tem alcançado grandes resultados no combate à criminalidade na área rural dos municípios do Vale do Jamari.

“Há dias que a polícia tem prestado todo o apoio ao município para combater esse intenso tráfico de drogas que se consome no município e a polícia tem alcançado altos índices de prisões, o que está diminuindo cessivelmente o número de crimes”, diz Arismar.

Conforme a Polícia Civil, 28 mandados judiciais foram expedidos, sendo 16 mandados de prisões e 12 mandados de buscas e apreensão domiciliar para serem cumpridos em Ariquemes, Cacaulândia, Porto Velho e Guajará-Mirim.

Duas pessoas são consideradas foragidas da Justiça. Uma espingarda, um revólver e uma quantidade de crack foram apreendidos durante as ações desta terça-feira.

“A gente finaliza retirando por completo todos os suspeitos de circulação. Algumas pessoas já haviam sido presas em outra ocasião, foram soltas e presas novamente para que as organizações criminosas pudessem ser retiradas por completo das ruas da nossa cidade”, explica Rodrigo Duarte.

Segundo o inspetor de Fiscalização da PRF de Ariquemes, André Benedetti, comentou sobre a atuação do órgão na operação e destacou que a junção de forças entre a PRF e a Polícia Civil traz um ganho para a sociedade em geral, tendo em vista que possui o objetivo de dar uma resposta à população ao combate a criminalidade.

Fonte: G1 / RO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here