Paralisado há 5 anos, nova licitação para concluir obra do teatro em Ariquemes tem data marcada em RO

0

Teatro Municipal de Ariquemes, RO (Foto: Jeferson Carlos/G1)Teatro Municipal de Ariquemes, RO (Foto: Jeferson Carlos/G1)

Teatro Municipal de Ariquemes, RO (Foto: Jeferson Carlos/G1)

A Superintendência Estadual de Compras e Licitações (Supel) anunciou um novo processo licitatório para as obras de conclusão do Teatro Municipal de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. A construção do prédio foi paralisada definitivamente em 2012 e a obra já se arrasta há 11 anos. O edital foi publicado no portal da Supel e está orçado em mais de R$ 13,4 milhões.

As obras do teatro iniciaram em 2006 com previsão de término de três anos, mas sofreram diversas paralisações, seguidas de retomadas dos trabalhos. Seis anos depois, as obras foram paralisadas de forma definitiva e a empresa responsável alegou falta de recursos e erros no projeto.

Em 2013, o governo estadual anunciou mais um investimento e um novo edital chegou a ser aberto para o procedimento licitatório. Entretanto, as obras nem chegaram a iniciar, pois o Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) suspendeu a licitação por irregularidades no processo.

Em 2014, a prefeitura do município abriu dois processos licitatórios para contratar uma empresa, mas não houve interessados e os dois certames foram declarados desertos.

Na época, o G1 apurou que desde o abandono no canteiro de obras, o local virou ponto para consumo de substâncias entorpecentes. A Polícia Militar (PM) ainda emitiu um alerta de que a grande estrutura sem possuir iluminação se tornou propícia para o consumo de drogas e esconderijo de suspeitos.

Até o momento, a obra já custou mais de R$ 2 milhões para os cofres públicos. O valor estimado da nova licitação é de R$ 13.469.384,91.

Conforme a Supel, a sessão de licitação está marcada para acontecer no dia 16 de outubro, a partir das 8h, na sala de abertura de licitações da Supel, no Complexo Rio Madeira, em Porto Velho.

Fonte: G1 / RO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here