PM recupera joias e objetos furtados de casa em Juiz de Fora

0

A Polícia Militar (PM) conseguiu recuperar cerca de R$ 30 mil em joias, videogames, R$ 334,80 em dinheiro e cinco pesos argentinos, roupas e fone de ouvido furtados de uma casa em um condomínio no Bairro Aeroporto, em Juiz de Fora, nesta segunda-feira (11). O rastreamento foi possível graças ao Uber e rastreamento de celulares. O suspeito foi abordado, mas conseguiu escapar dos policiais na Estrada União Indústria.

A ocorrência começou quando a moradora foi informada de que a casa dela, em um condomínio na Rua Deputado Ulisses Escobar, no Bairro Aeroporto, tinha sido invadida na manhã desta segunda. Ela retornou ao local e deu por falta de diversos objetos. Ela relatou que, durante a madrugada houve problema de energia, o que impossibilitou o funcionamento dos sistemas de alarme e monitoramento.

Segundo verificação no local, o suspeito do furto entrou pelo imóvel vizinho, acessou o telhado e cortou rede de proteção para crianças para entrar pela porta de um dos quartos que estava aberta. Ele saiu pelo mesmo local, seguindo em sentido Avenida Prefeito Mello Reis até o posto de combustível próximo ao Parque da Lajinha.

Em contato com os funcionários, os policiais foram informados de que um homem aparentando estar agitado e nervoso chegou ao local carregando uma mochila preta e uma bolsa azul. Ele contou que a motocicleta dele deu defeito ali perto e pediu que chamassem um táxi e os funcionários solicitaram um Uber, que buscou o homem no estabelecimento.

Por causa do aplicativo no celular que solicitou a corrida, foi possível rastrear que o local de desembarque foi a Rua Domingos Del Duca, no Bairro de Lourdes. Equipes da PM foram para o local, que também era indicado no sistema de rastreamento do aparelho de celular furtado na casa.

Uma equipe viu um homem descendo um escadão com uma bolsa e, depois, saindo sem ela. Ao se aproximar do local, os policiais viram a bolsa azul na área de serviço de uma casa nos fundos. Ao verificar o interior, encontraram dois videogames e um fone de ouvido, que foram reconhecidos pela vítima.

A entrada dos policiais na casa foi permitida por familiares com autorização da companheira do morador. Ele foi acionado, mas se negou a comparecer no local, alegando que estava trabalhando. Não foram encontrados outros objetos no imóvel.

Testemunhas indicaram que o suspeito do crime seria outro homem, de 35 anos, usuário de drogas e que mora perto desta casa, apontado por testemunhas que estaria praticando diversos furtos.

Os policiais viram que um homem com as mesmas características do suspeito do furto apareceu no terraço da casa vizinha e, em seguida, fugiu pelos fundos. O sistema de rastreamento do celular da vítima indicou que ele estava na Estrada União Indústria, perto da Usina Hidrelétrica.

No ponto indicado, policiais encontraram e abordaram um suspeito com uma mochila preta. No entanto, o homem conseguiu se desvencilhar e fugir para um matagal às margens do Rio Paraibuna. Houve rastreamento, mas ele não foi localizado. Na mochila recuperada, estavam as joias, R$ 334,80 em dinheiro, cinco pesos argentinos, uma caixa de som e peças de roupas, todas reconhecidas pela vítima.

O caso foi encaminhado para investigação na Polícia Civil.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here