Polícia analisa material genético em roupa de mulher que sofreu ejaculação em ônibus em Fortaleza

0

A Perícia Forense do Ceará recolheu nesta semana o vestido de uma das mulheres que sofreu uma ejaculação quando estava em um ônibus do transporte público de Fortaleza, caso ocorrido na sexta-feira (6), no Centro.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os policiais vão colher o material genético na roupa para comparar com o de eventuais suspeitos que possam ser detidos no caso. Até a tarde desta terça-feira (10), ninguém foi preso.

A Delegacia de Defesa da Mulher segue realizando buscas com o objetivo de identificar e prender o suspeito de ejacular em duas mulheres em um ônibus Parangaba-Papicu. Apenas uma delas registrou boletim de ocorrência. Ela prestou depoimento nesta segunda-feira (9), após abertura de inquérito da Polícia Civil.

Conforme a denúncia, as vítimas relataram o caso ainda no interior do veículo, gerando tumulto e uma tentativa de agressão ao autor do crime. Ele fugiu e segue foragido.

O suspeito deve responder pelo ato libidinoso sem o consentimento da vítima, de acordo com a Polícia Civil.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social afirmou também que solicitou à empresa proprietária do veículo as imagens das câmera de segurança do ônibus. A pasta acredita que pode identificar o autor do crime por meio das filmagens.

A solicitação ocorreu por meio de ofício à empresa, que ainda não deu retorno sobre o caso.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here