Policial dispara durante protesto de familiares de presos em Teresina; veja vídeo

0

Um policial militar, ainda não identificado, disparou para o alto durante um protesto de mãe e mulheres de presos em frente à Casa de Custódia de Teresina na tarde desta quinta-feira (14). As mulheres tentaram bloquear a BR-316 e foram impedidas pela Polícia Militar. Elas ameaçavam jogar pedras em um ônibus que tentava furar o bloqueio. O policial atirou para dispersar as manifestantes.

As mulheres alegam que não estão conseguindo ver os maridos e filhos por causa da greve dos agentes penitenciários, que iniciou na segunda-feira (11). Segundo as mulheres, as visitas estão suspensas há cerca de quinze dias.

Segundo o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), a greve foi deflagrada após descumprimento de acordo coletivo firmado no Tribunal de Justiça. A classe reivindica reajuste salarial, pagamento de insalubridade, nomeação de agentes concursados e melhores condições de trabalho.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), José Roberto, nesta sexta-feira (15), o sindicato irá procurar a justiça para as medidas necessárias, mas que garantiu que a greve continua.

“Iremos procurar o judiciário para fazer a nossa parte. O movimento está mantido e somente após uma conversa com o magistrado responsável pela decisão é que iremos tomar algum posicionamento. Enquanto isso, não receberemos presos, não atenderemos advogados e a greve continua”, falou.

Presídio inaugurado de forma emergencialmente

A Secretaria de Justiça (Sejus) do Piauí realizou a inauguração emergencial da Penitenciária Nelson Mandela, em Campo Maior, e começou a receber os primeiros presos na madrugada desta quinta-feira (14). A unidade tem capacidade para 160 detentos e estava prevista para ser aberta em outubro, mas foi antecipada devido a greve dos agentes penitenciários e a superlotação na Central de Flagrantes de Teresina. Os presos estão sendo custodiados pelos policiais militares.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here