Profissionais são orientados sobre o uso de equipamentos obrigatórios em obras em Cacoal

0

Desde 2014 o Centro de Referência em Saúde do Trabalho (Cerest) registrou oito acidentes fatais de trabalho na região de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho. Para baixar esses índices, o órgão desenvolve uma ação de conscientização diretamente nos canteiros de obra orientando pedreiros, serventes e mestres de obra, sobre a importância da utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). A ação deve seguir até dezembro.

O pedreiro Vilson Nuffi, de 59 anos, já trabalha no ramo da construção civil há 25 anos e durante todo esse tempo de profissão nunca sofreu nenhum acidente de trabalho, mas já presenciou vários amigos se machucando.

“Eu procuro sempre trabalhar com cuidado, utilizo capacetes e cinto quando preciso trabalhar na altura. Devido à experiência que tenho, sempre oriento os mais novos de profissão a também utilizar os equipamentos, mas infelizmente nem todos fazem o uso e já vi vários desses caindo de alturas e até quebrando partes do corpo”, contou o pedreiro.

Segundo o técnico de segurança do trabalho Ezequias Cruz de Souza, nas visitas que tem feito nos canteiros de obras, o que se percebe é que 90% dos responsáveis oferecem os equipamentos de segurança, porém ainda existe a resistência dos profissionais em utilizar.

“A gente ainda percebe que falta a conscientização sobre a importância de se utilizar os equipamentos. Nosso objetivo com essa campanha é lembrar esses profissionais dessa necessidade, pois os acidentes de trabalho em canteiros de obras geralmente são graves, levando a óbito ou deixando sequelas permanentes nos profissionais”, disse Ezequias.

Fonte: G1 / RO

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here