Ratko Mladic é condenado a prisão perpétua por genocídio na Bosnia

0

O ex-líder militar dos sérvios da Bósnia, o “Carniceiro dos Bálcãs” Ratko Mladic, foi condenado à prisão perpétua nesta quarta-feira (22) pelo tribunal da ONU montado para investigar crimes de guerra.

Mladic chegou a ser retirado da sala de audiência do Tribunal Penal Internacional de Haia durante o julgamento, depois de se levantar e gritar contra os juízes.

O juiz do Tribunal Penal Internacional para a antiga Iugoslávia (TPII) Alphons Orie determinou que Ratko Mladic fosse retirado, depois de se recusar a ceder ao pedido da defesa de interromper a sessão por conta da pressão alta do acusado. “Eles mentem, vocês mentem. Não me sinto bem”, gritou.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here