Sem água, moradores de condomínio em Teresina recorrem a carro-pipa

0

Uma cena comum apenas no sertão semiárido piauiense virou rotina para os moradores da zona urbana de Teresina, mais difícil ainda para quem mora no Bairro Redonda, na Zona Sudeste da capital. No condomínio Bosque Residencial os moradores afirmam que está há 60 dias sem água.

“As louças estão todas sujas e não tem água para lavar. Aqui é um sofrimento muito grande. Eu já desisti de reclamar para os órgãos competentes. Nós estamos passando um sofrimento muito grande, principalmente agora na época mais quente do ano”, disse Rosélia Clemente, policial militar.

Em um condomínio no Bairro São Pedro, na Zona Sul, moradores precisam fretar carros-pipas para serem abastecidos.

“O carro passa de dois em dois dias e dessa forma não dar nem para a gente conseguir água direito. Da forma que está não tem como abastecer todas as residências”, falou a autônoma Adriana Portela.

A direção da empresa responsável pelo abastecimento de água em Teresina disse que todos esses problemas serão resolvidos e falou sobre o caso na Zona Sudeste. “Nós estamos implantando ao lado da ponte do Tancredo Neves uma grande estação de bombeamento de água que vai aumentar de um milhão de litro de água para quase dois milhões”, explicou Cleyton Bezerra, gerente de operações da Águas de Teresina.

Em relação as demais áreas da cidade, a empresa Águas Teresina informou que está trabalhando para garantir o abastecimento e que, em parte, a falta d’água é provocada pelo alto consumo nesta época do ano. o telefone para reclamações é o 0800-223-2000.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here