Suspeito de agredir ex-companheira na frente da filha é apresentado pela Polícia Civil em Juiz de Fora

0

Um jovem de 26 anos suspeito de agredir a companheira, de 24, na frente da filha dos dois foi apresentado na manhã desta quinta-feira (7) pela Polícia Civil de Juiz de Fora. Ele foi preso depois de agredir a ex-companheira e desacatar policiais militares na quarta-feira (6), no Bairro Jardim de Alá. Se condenado, pode responder ainda por lesão corporal e porte de arma de fogo.

A denúncia foi feita na última terça-feira (5), na sede da Delegacia da Mulher. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Ione Barbosa, a mulher já tinha procurado a polícia em outras ocasiões, mas não deu prosseguimento na denúncia em nenhuma delas. “Desta vez, ela não resistiu emocionalmente às agressões e nos procurou certa de prosseguir com a denúncia”, conrou.

Ainda segundo a delegada, a mulher foi agredida com coronhadas de arma de fogo enquanto a filha do casal, de três anos, assistia às cenas de violência. Depois de denunciar o fato, a mulher relatou que se escondeu na casa de parentes e foi ameaçada por mensagens, caso ela contasse sobre os atos de violência.

“Um dia depois da denúncia, ele foi até a casa da ex-companheira, que já havia voltado para o local, mas foi surpreendido por policiais militares, que já estavam de olho nele”, disse a delegada.

De acordo com as informações da Polícia Civil, o suspeito agrediu a mulher na presença da PM e desacatou os policiais. Ele foi ouvido pela delegada e encaminhado ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) ainda na quarta.

O homem tem passagens pela polícia pelos crimes de tráfico de drogas, tentativa de homicídio, corrupção de menores, porte de arma de fogo e lesão corporal. Um inquérito também foi aberto no nome dele e uma medida protetiva entrou em vigor para a mulher. Agora, outra medida protetiva foi solicitada em caráter de urgência pela delegada.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here