Voluntário de abrigo é afastado de funções após denúncia de consumo de drogas em Patos de Minas

0

Um dos voluntários da Casa de Promoção Humana, um abrigo de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, foi afastado da função de coordenador nesta terça-feira (12) após denúncias de que estaria consumindo drogas na unidade. Segundo a Polícia Militar, facas que pertenceriam a ele foram encontradas no quarto que ocupava no local e testemunhas relataram que o coordenador estava dificultando algumas ações na casa. O caso foi encaminhado para o Ministério Público.

Ainda conforme a polícia, o voluntário foi afastado por decisão do Centro de Referência Especializada em Assistência Social (Creas) e não apresentou resistência diante da decisão. O facão e quatro facas menores encontrados no abrigo foram apreendidos e levados para a Delegacia da Polícia Civil de Patos de Minas. O homem não foi preso. Ele não foi encontrado para falar sobre as denúncias.

A Casa de Promoção Humana é mantida com doações de moradores a cidade e verbas da prefeitura e atende pessoas que estão em situação de rua, oferecendo banho, comida e lugar para dormir.

O secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Eurípedes Donizete, informou ao G1 que o coordenador afastado estava na casa há mais de um ano e foi afastado pela coordenação do Creas porque, além das denúncias de que consumia drogas no local, teve que ser retirado do imóvel por duas vezes por meio de intervenção da PM porque estava impedindo a entrada de abrigados. Há denúncias de que ele também se apropriava de tíquetes de alimentação.

Ainda conforme o secretário, o voluntário teve bastante importância na coordenação da casa e que tem uma vaga em uma clínica de reabilitação. Segundo o secretário, o Ministério Público recebeu um relatório assistencial junto com o boletim de ocorrência sobre o caso.

O G1 entrou em contato com o CREAS, que não se manifestou sobre o afastamento até esta publicação. O Ministério Público declarou que analisa o caso e deve pedir o afastamento do voluntário.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here