YouTube diz que vai tomar medidas para garantir que vídeos como o de Logan Paul 'jamais circulem de novo'

0

“Nós sabemos que as ações de um criador podem afetar toda a comunidade, então teremos mais a compartilhar em breve nas medidas que estamos tomando para garantir que um vídeo como este jamais circule novamente”, afirmou o site de vídeos em sua conta no Twitter.

No vídeo, que foi retirado do canal, Logan passeia pela floresta de Aokigahara, conhecida como a floresta dos suicídios, e encontra um corpo pendurado em uma árvore.

Logan recebeu diversas críticas nas redes sociais, que diziam que a atitude de Paul foi “nojenta”, “desrespeitosa” e “horrorosa”. Alguns internautas chegaram a pedir que o canal de Logan, que conta com mais de 15 milhões de inscritos, seja permanentemente retirado do ar.

“Suicídio não é uma piada, nem deveria ser uma força motriz para visualizações”, escreveu a empresa, que pertence ao Google.

“Assim como [a atriz] Anna Akana colocou perfeitamente: ‘Aquele corpo era uma pessoa que alguém amava. Você não entra na floresta do suicídio com uma câmera e diz agir pela conscientização da saúde mental’.

O próprio site foi reconheceu as críticas que recebeu por demorar para se posicionar. “Muitos de vocês estão frustrados com a nossa falta de comunicação recentemente. Vocês estão certos em estar. Vocês merecem saber o que está acontecendo”, afirmou.

Após as críticas, o youtuber deletou o vídeo e publicou um pedido de desculpas no Twitter, no qual afirmava ter objetivo de conscientização para a prevenção do suicídio. Com a resposta, ele foi novamente reprovado, e gravou um novo vídeo dando explicações e admitindo o erro.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here