Abel Ferreira teve um discurso humilde após o Palmeiras vencer o Santos por 1 a 0 e conquistar a Libertadores da América no último sábado, no Maracanã.

O técnico português elogiou o Peixe e agradeceu a Vanderlei Luxemburgo, ex-Palmeiras e hoje no Vasco.

“Sinceramente, o que mais me passa pela cabeça é obrigado. Agradeço a todos os jogadores que eu treinei. E de forma especial aos do Palmeiras. Não há bons treinadores sem bons jogadores, bons homens, bons líderes. Essa caminhada foi iniciada por Vanderlei Luxemburgo e eu peguei uma equipe em todas as competições, um trabalho também dele e não só meu. Digo de forma sentida que o Palmeiras me contratou sem títulos profissionais, mas há coisas que valem mais do que títulos. Minha maior alegria não foi a taça hoje, foi ver meus jogadores feliz, todos os funcionários felizes. Saber que todos da Academia terão um salário extra. Fizeram uma pequena homenagem quando saímos do CT e essa homenagem de quem vem da base é extraordinária”, disse Abel.

“Santos também merecia, fez trabalho espetacular na Libertadores. Mas acreditamos mais, mais organizados em jogo difícil, duro e de muito calor. E vencemos com a competência do Breno e gosto de apostar em quem vem de baixo porque dão tudo e absorvem tudo. A grande palavra é obrigado”, completou.

Breno Lopes entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória aos 53 minutos do segundo tempo.

Deixe seu comentário

Conteúdo retirado do site: Gazeta Esportiva