Na véspera do duelo entre Cruzeiro e Tombense, Alan Ruschel concedeu entrevista coletiva e comentou sobre o trabalho realizado no dia a dia no Cruzeiro.

Em sua reta inicial na Raposa, o jogador tenta acelerar sua adaptação, assim como outros companheiros. A expectativa é que ao longo dos jogos seja possível demonstrar crescimento.

“Estou tentando me adaptar o mais rápido possível. É um novo clube, um novo jeito de jogar. A equipe toda está tentando se adaptar para que a gente possa chegar mais próximo da perfeição. Amanhã a gente já tem uma nova oportunidade de jogar, mostrar nosso futebol”, afirmou.

Ruschel também aproveitou para elogiar o trabalho do técnico Felipe Conceição, apesar de reconhecer que houve pouco tempo para implementar as ideias de jogo,

“O estilo do Felipe é novo para a maioria aqui que chegou. Estamos nos adaptando e buscando fazer o que ele está pedindo. As vezes as coisas não acontecem como imaginamos, mas a gente está fazendo de tudo para evoluir. A gente teve uma pré-temporada curta. Isso dificultou um pouco o trabalho do Felipe. A gente sabe que uma pré-temporada boa, para implantar o trabalho dele, requer pelo menos uns 30 dias de trabalho. A gente não teve isso. Com essa pausa a gente pode melhorar um pouco e tenho certeza que temos muitos frutos para colher no campeonato. O trabalho está sendo bem feito”, explicou.

Para poder entrar em campo, o atleta de 31 anos se coloca à disposição para exercer diferentes funções. Alan acredita que o seu crescimento individual depende de todo o trabalho em grupo.

“Já falei para o Felipe que quero ajudar, independente da função, se for na lateral, no meio. Quero estar ajudando a equipe a alcançar os resultados positivos. A equipe jogando bem faz com que eu jogue bem também. Quando o coletivo vai bem o individual aparece”, concluiu.

 

 

Deixe seu comentário

Conteúdo retirado do site: Gazeta Esportiva