Frasco da Covaxin, vacina contra Covid-19 da indiana Bharat Biotech, em Nova Délhi (REUTERS/Adnan Abidi)

SÃO PAULO (Reuters) – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negou o certificado de boas práticas de fabricação para a Covaxin, vacina contra Covid-19 do laboratório indiano Bharat Biotech, mostrou resolução publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira.

No início do mês, o laboratório brasileiro Precisa Medicamentos, que tem acordo com o Bharat, pediu à Anvisa autorização para uso emergencial da Covaxin no Brasil.

Em fevereiro, o Ministério da Saúde anunciou a assinatura de contrato com a Precisa Medicamentos para a entrega de 20 milhões de doses da vacina contra Covid-19 entre março e maio.

A concretização do uso do imunizante do país só poderá ocorrer, no entanto, a partir da autorização da Anvisa.

Quer descobrir como é possível multiplicar seu capital no mercado de Opções? O analista Fernando Góes te mostra como na Semana 3×1, evento online e 100% gratuito. Clique aqui para assistir.

Conteúdo retirado do site: InfoMoney