Após cumprir pena por crime de estupro, homem é executado a tiros

Testemunhas disseram para a polícia que viram Carlos Eduardo correndo e sendo perseguido por dois homens em uma motocicleta.

A execução a tiros aconteceu na noite de segunda-feira (08) na Rua Pequizeiro, bairro São Jerônimo, no município de Vilhena (RO). 

O ex-presidiário Carlos Eduardo de Moraes Franco, 34, foi morto a tiros. Testemunhas disseram para a polícia que viram Carlos Eduardo correndo e sendo perseguido por dois homens em uma motocicleta.

O que estava na garupa efetuava vários disparos e alguns dele acertaram a vítima, que caiu morta e a dupla fugiu. Segundo familiares, Carlos Eduardo esteve preso por crime de estupro, mas após cumprir sua pena estava trabalhando, casado e a esposa se encontra inclusive grávida.

A Polícia Civil investiga o caso e tenta prender os autores da execução a tiros.

FONTE: RONDONIAOVIVO

Deixe seu comentário