Buracos geram reclamações de moradores em Monte Negro

Paulo Besse – da redação

É preciso cuidado para transitar por algumas ruas de Monte Negro (RO) por causa de tantos buracos. O motorista desatento pode se envolver em um acidente ou danificar o veículo se cair em uma das crateras que se formaram nos últimos meses, principalmente por falta de manutenção.

No centro da cidade, na Avenida Jorge Teixeira, buracos enormes deixam as faixas intransitáveis. A rua é estreita e o movimento de carros intenso, por isso o motorista tem dificuldade de desviar. Em uma rotatória bastante movimentada, mais transtornos. Só em um pequeno trecho há seis buracos. Perigo para motoristas, principalmente para quem anda de moto.

O problema é antigo e as reclamações também. Em algumas ruas, é difícil andar. Quem usa carro ou moto, então, precisa redobrar os cuidados. “Está feia a coisa aqui o pneu fura com os buracos”, afirma o agricultor Donizete Bernardo.

“Aparecida Moraes Bichareli já perdeu as contas de quantas vezes reclamou “

A tendência é que a situação fique mais complicada. E, além dos buracos, a baixa qualidade das medidas tomadas pela prefeitura também incomoda.
Aos 85 anos, a aposentada Aparecida Moraes Bichareli já perdeu as contas de quantas vezes reclamou. Os reparos incompletos na frente da casa dela impedem uma faxina completa da casa e tiram a paciência da aposentada. “A poeira entra tudo dentro de casa, suja tudo e dificulta a respiração das crianças e minha também, já que tenho problemas”, diz.

A poucos metros dali, um buraco toma conta da rua. Para maquiar o tamanho da cratera, um pouco de terra e entulho. Mas o problema pode ficar ainda pior. Em uma rua, um serviço de tapa buracos mal feito pela prefeitura, há mais de um mês, tem trazido muitas dores de cabeça para os moradores.

“O mau cheiro é muito grande “

A precariedade do asfalto era o que incomodava a população, mas depois da operação tapa buracos, o descontentamento cresceu. A ondulação em frente à casa da aposentada Leonor Aparecida de Souza provoca uma grande poça, que serve de criadouro para o mosquito da dengue. “O mau cheiro é muito grande, e ainda passa os carros e joga água nos pedestres, uma água suja e com mau cheiro. Não posso nem mais sentar na calçada de casa porque o cheiro incomoda”, afirma.  A aposentada diz que já informou os responsáveis, que até agora não tomaram nenhuma providência.

Leonor Aparecida de Souza

O QUE DIZ A PREFEITURA

A Secretaria de Obras e Serviços Públicos de Monte Negro informou que as obras relacionadas ao asfalto estão sendo feitas com tapa buracos de cimento porque não é possível executar o serviço sem a massa asfáltica. Mesmo assim, a secretaria informou que as áreas citadas e outras que ainda não foram pavimentadas ou recapeadas, serão atendidas, porem não soube precisar a data de quando isso vai acontecer.

Deixe seu comentário