Cachorra é adotada por estudantes e professora de escola em Itajaí (SC)

Frida é cuidada por alunos e professora de uma escola em Itajaí – Reprodução RIC TV

A cachorra Frida foi adotada por uma escola de Itajaí, no Litoral Norte do Estado. Apesar de a lei que institui o cão comunitário ainda tramitar na Câmara de Vereadores da cidade, os estudantes e professores não esperaram a legislação para fazer a adoção na prática.

Resgatar um cão em situação de rua ou vítima de maus-tratos e dar a ele carinho, casa, alimentação e cuidados veterinários faz parte do projeto abraçado pela escola. No início, a ideia era deixar o cão em um espaço atrás da escola, que foi cercado para receber o animal.

Mas como a Frida não se adaptou, os estudantes se mobilizaram e agora estão construindo uma casinha que sirva de abrigo para ela. Enquanto isso, a cachorra fica abrigada no laboratório de química, onde adora descansar.

Para que a cachorra seja bem cuidada, os alunos do segundo ano do ensino médio fizeram uma escala onde dois estudantes se responsabilizam pelos cuidados a cada dia. O aluno Jean Vitor Rodrigues, 17 anos, disse que no começo Frida rejeitou a ração, mas depois que foi trocada, ela já se alimenta bem.

A professora Graziela LLano destaca que o projeto estimula o senso de responsabilidade entre os estudantes, não somente ao brincar e dar carinho, mas também alimentar, recolher as fezes e olhar durante os finais de semana.

O projeto de lei do cão comunitário tramita na Câmara de Vereadores de Itajaí, mas ainda não foi votado. Ele prevê a adoção coletiva de animais de rua, com chipagem e castração fornecidas pela prefeitura, através do canil municipal.

Frida foi resgatada em um bairro de Itajaí e, por meio do contato da professora com o canil, houve a possibilidade de desenvolver o projeto de adoção na escola.

Fonte: Notícias do Dia


Fonte: R7

Deixe seu comentário