A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse hoje que a demanda por soja no mundo vai continuar crescendo por mais dois anos, o que vai exigir a manutenção da produção no patamar atual no Brasil, estimado em 133 milhões de toneladas nesta safra. Ela afirmou que haverá novidades para a área de crédito rural este ano, para atrair mais investimentos ao setor, e argumentou que, com mais certificação e rastreabilidade, a oleaginosa nacional pode ser mais respeitada.

Conteúdo retirado do site: Valor