Nesta terça-feira, as cotações do café voltaram a cair na bolsa de Nova York como reflexo da liberação do Canal de Suez, ocorrida na véspera. Os futuros do arábica para maio fecharam em baixa de 3,5% (445 pontos), a US$ 1,226 por libra-peso, e os lotes para julho recuaram 3,41% (440 pontos), para US$ 1,2465 por libra-peso.

Conteúdo retirado do site: Valor